O desenvolvimento da salvação

 “Operai a vossa salvação com temor e tremor; (trad. Almeida Corrigida e Revisada Fiel)  (Filipenses 2:12)

As mais diversas traduções da Bíblia usam termos maravilhosos e apropriados para se referir ao desenvolvimento da salvação neste trecho da Carta de Paulo aos Filipenses. A Almeida Revista e Atualizada no Brasil, usa o termo ‘desenvolvei’, a Almeida Revisada Imprensa Bíblica e a Sociedade Bíblica Britânica, usa ‘efetuai; ao passo que a Nova Versão Internacional, emprega o termo ‘ponham em ação’ e a Versão Católica, o termo ‘trabalhai’.

A Nova Bíblia Viva, é mais ousada e muda radicalmente a dinâmica adotada pelas outras traduções, mas não, ainda assim, não foi menos feliz que as demais, apresentando uma clara e concisa tradução, em fiel consonância com o que realmente significa ‘desenvolver a salvação’, “E agora que estou longe, vocês devem ser ainda mais cuidadosos em fazer as coisas boas que resultam do fato de sermos salvos, obedecendo a Deus com profunda reverência e temor”, esta versão conseguiu não só traduzir, mas interpretar estas palavras do apóstolo Paulo à Igreja localizada em Filipos.

Desenvolver a salvação não é ‘inventar’, ‘inovar’, ‘acrescentar’; mas sim entrar em harmonia com toda a obra de Deus, é prezar, como disse Russel Shedd em comentário a essa passagem, pela “saúde espiritual da igreja”. Assim sendo, o cristão é encorajado a aplicar o evangelho e não só recebê-lo, retendo-o.

A continuação do texto sugere (de maneira ‘enérgica’, como é peculiar de Paulo) que para isso façamos tudo sem reclamações, nem desentendimentos (Filipenses 2:14), para nos tornarmos irrepreensíveis, sinceros, filhos de Deus inculpáveis em meio a sociedade depravada, materialista e egoísta, na qual estamos inseridos.

Por fim, creio ser importante mencionar que o apóstolo, no verso 15, usa uma analogia inspirada nas palavras do próprio Jesus, no Sermão da Montanha (Mateus 5:14-16), comparando o que opera a salvação a luminares no mundo, os quais preservam a palavra da vida e fortalecem a Igreja de Cristo.

____________________

O dia 08 de janeiro: Em 08 de janeiro de 1959, Fidel Castro chega a Havana, após derrubar o outrora presidente, Fulgêncio Batista. A partir daí, inaugura-se pela primeira vez nas Américas, um regime comunista (marxista-leninista). Não entrando no mérito de que um governo anterior tenha sido melhor ou pior que o outro, o comunismo trouxe consequências sócio-econômicas devastadoras a esta nação caribenha. Tais problemas que são experimentados pela população até a atualidade (independentemente de certas flexibilizações no regime), ocasionaram o retrocesso econômico, decorrente da estatização da economia, fato que se potencializou pelos bloqueios de outras nações, culminando, assim, no fechamento e isolamento do mercado cubano. Vantagens concernentes a saúde e educação são difundidas mundo a fora como triunfo e sucesso do regime comunista, mas a realidade é que grande parte do povo cubano vive em situações desoladoras de extrema miséria social, econômica e espiritual; chafurdados em completo esquecimento e carência em todas as áreas que se possa elencar. Oremos por este país, para que o poder transformador da mensagem de Cristo alcance os corações e pela Igreja de Cristo ali localiza, para que ela seja forte, ousada, perseverante e cheia do Espírito Santo, firme na propagação e caminhada da Fé.

(obs.: não publiquei a prédica diária do dia 07 de janeiro. Como oração nunca é demais,nada impede que eu cite um momento histórico e um pedido referente a esse dia)

O dia 07 de janeiro: Em 07 de janeiro de 1890, foi declarada a separação entre Igreja e Estado no Brasil. Os ideais positivistas da República, recém proclamada, preconizavam a criação de um Estado Laico e isso é mais tarde positivado na primeira Constituição Republicana Brasileira (1891). Tal cisão entre o órgão eclesiástico e o Brasil, não representou um gesto de secularização e ateísmo, mas quebrou com a teocracia monárquica católico-romana e favoreceu a abertura para novos cultos, como o Protestantismo. Agradeçamos a Deus pela liberdade de culto no Brasil e oremos para que, como cristãos cheios de gratidão, possamos cumprir nossa missão de salvos e viver conforme o testemunho das obras feitas em nós pela graça redentora de Deus.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s